>

sábado, 7 de outubro de 2017

Vichy Liftactiv Fresh Shot Antioxidante & Antifadiga


Este produto estava "falsamente" na minha lista de Wanted, porque poucos dias antes de publicá-la foi-me oferecido pela marca. No entanto, achei que o devia destacar na altura por ser um verdadeiro marco na história da Vichy; e após 10 dias de uso já tenho uma opinião para vos deixar.





O que é?
Um sérum antioxidante para uma "cura" (aplicação única) de 10 dias

Alegações

Combate os sinais de idade & fadiga
Tonifica a pele
Ilumina a tez

Preço
€30-31 por 10ml

Aplicação
Aplicar 4-5 gotas sobre pele limpa com a ponta dos dedos. Deixar absorver antes de aplicar o creme/sérum. Utilizar 1 vez por dia (de manhã ou de noite), embora a marca indique o uso preferencial pela manhã.

O uso deve ser feito por um período de 10 dias consecutivos, e após a abertura da embalagem tem a validade de 1 mês.

Composição

AOUA/WATER - ASCORBIC ACID - ALCOHOL DENAT. - DIPROPYLENE GLYCOL - GLYCERIN - LAURETH-23 - NEOHESPERIDIN DIHYDROCHALCONE - SODIUM HYDROXIDE - TOCOPHEROL - HYDROLYZED HYALURONIC ACID - PINUS PINASTER BARK/BUD EXTRACT
Opinião

15% de vitamina C, 0,5% de vitamina E, 0,25% de pycnogenol (post anterior), 0,2% de neospiridina (não será antes neohesperidina?), 0,1% de ácido hialurónico fragmentado e água termal Vichy (que estranhamente não é assim mencionada na composição). As vitaminas C e E têm uma ação antioxidante sinérgica, trabalhando especialmente bem em conjunto numa mesma formulação; enquanto a neohesperidina e o pycnogenol (Pinus pinaster bark/bud extract) potenciarão de alguma forma essa mesma ação. A concentração de álcool neste produto será inferior a 15%, e ajudará apenas a torná-lo menos viscoso, dando também à pele uma melhor permeabilidade.
Sem tirar lugar ao C E Ferulic da Skinceuticals, também L'oreal mas de uso continuado, a Vichy conseguiu lançar um produto aproximado; embora o mais recente não contenha ácido ferúlico que duplica a ação fotoprotetora das vitaminas C e E.

Provavelmente, o extrato de pinheiro marítimo será o responsável pela coloração do produto, mas tendo em conta a embalagem em que este se encontra, e que é propensa à entrada de radicais livres e outras moléculas oxidantes, gostaria que tivessem conseguido mantê-lo numa cor transparente. Isto porque embora o produto se destine a ser usado em 10 dias, a vitamina C oxida-se até 1 dia quando desprotegida. E se o produto já é corado, será difícil perceber se o ingrediente principal da formulação está a oxidar antes de tempo ou não. Além disso, uma nova embalagem permitiria usar o produto por um período de tempo mais prolongado, mas reconheço que essa não será de todo a intenção da Vichy.
 
No que toca à aplicação, a marca dá-nos a opção de aplicar este produto de manhã ou à noite, mas indica-o especialmente para a manhã com o objetivo de proteger a pele da luz e poluição a que estamos expostos. Pessoalmente usá-lo-ia à noite, porque tendo tão pouco produto prefiro poupar a sua ação ao máximo para a minha pele, em vez de o desperdiçar para a atmosfera, já que posso usar uma antioxidante mais barato durante o dia. Ainda assim, e para efeitos de review, usei-o sempre de manhã.
Esperei também voltar das ruas poluídas de Londres para experimentá-lo, passando 2 semanas sem aplicar ácidos, retinóides ou outros produtos que contivessem vitamina C; e pudessem melhorar o aspeto da minha pele antes da aplicação deste antioxidante, ou até mesmo potenciar a ação deste produto aquando do seu uso. Não fiquei numa lástima, vá. Mas foi o suficiente para sentir a diferença que este produto pode fazer.
 
Logo após a aplicação, a pele fica muito suave e luminosa; algo que se deverá ao ácido hialurónico mas também aos humectantes que constam no início da formulação. Este produto pode provocar um ligeiro formigueiro a quem não estiver habituado a usar vitamina C em concentrações elevadas; mas se sentirem mais do que isso (ardor, vermelhidão intensa, etc.) párem de usá-lo de imediato.

Após os 10 dias, nota-se uma clara diferença no que diz respeito à luminosidade mas também à textura; e acredito que para alguém que não use de todo ácidos, retinóides ou vitamina C a diferença seja mesmo dramática. 
 
Ainda que não tenha sido poupada, os 10ml renderam bem mais do que 10 dias; por isso aconselharia a que aplicassem no pescoço também (cuidado com a sensibilidade desta pele, que é bem mais fina).
 
No geral, acredito que este será um excelente produto para muitas pessoas que sentem a pele pouco luminosa e com textura irregular. No entanto, a coloração do produto associada ao acondicionamento do mesmo e a relação quantidade/preço deixam um pouco a desejar; tornando um produto que poderia ser uma das melhores coisas que a Vichy lançou até hoje, em algo que eu e os meus colegas não vamos poder aconselhar tantas vezes assim. Afinal de contas, poucas serão as pessoas que darão 30€ por pouco mais de 10 dias. Segundo a marca devem também reutilizar este produto 3-4 vezes por ano, mas pessoalmente, para isso prefiro comprar um C E Ferulic às prestações.
 
Em resumo, aconselho o Liftactiv Fresh Shot a toda a gente que está disposta a investir num produto do género; e sente que precisa de mais luz no rosto: noivas, recém-mamãs com poucas noites de sono, desportistas, após períodos de stress intenso... E sim leitoras fumadoras, este produto é definitivamente para vocês!!

Sem comentários: